Carregando

Autorretrato

Iberê Camargo1985

Fundação Iberê Camargo

Fundação Iberê Camargo

"[Autorretrato], de 1985, mostra o artista em um fundo de dados, aqueles ícones de seu imaginário pessoal que já não apareciam nas obras desse momento. Para Iberê as formas jazem no fundo do 'rio da vida', ou seja, no inconsciente. Vêm a tona na maturidade, são a concreção de duas temporalidades diferentes, novamente: o passado e o presente. Com essas afirmações, Camargo adere ao pensamento da psicologia profunda de Carl G. Jung para quem os símbolos nascem a partir da existência de certos conceitos, aos quais a compreensão humana apenas chega de forma incompleta. Conceitos ou imagens primordiais, inatas, os arquétipos que são apreendidos de maneira inconsciente e comum a toda a humanidade. O artista se expressa através desses símbolos universais, que mostram a 'magia das coisas'. Se assim não fosse, ao ver de Iberê, seu papel seria o de uma mera testemunha dos fenômenos."
HERRERA, María José. Iberê Camargo: um ensaio visual. Porto Alegre: Fundação Iberê Camargo, 2009. p. 16-17.

Mostrar menosMais informações

Detalhes

  • Título: Autorretrato
  • Criador: Iberê Camargo
  • Data: 1985
  • Local: Porto Alegre
  • Dimensões físicas: 22,5 x 27,1 cm
  • Tipo: Drawing
  • Direitos: © Fundação Iberê Camargo
  • Meio: Oil pastel on sandpaper
  • Técnica: Pastel oleoso sobre lixa
  • Tombo: D0044
  • Foto: © Fábio Del Re_VivaFoto
  • Coleção: Maria Coussirat Camargo, Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre

Recomendado

Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil