Carregando

Autorretrato

Iberê Camargo1943

Fundação Iberê Camargo

Fundação Iberê Camargo

"'O autorretrato é uma introspecção, um olhar sobre si mesmo. É ainda uma interrogação, cuja resposta é também pergunta. Essa imagem que o pintor colhe na face do espelho, ou na superfície tranqüila da água (...) revela como ele se vê e como olha o mundo'.
Assim pensava Iberê para quem também o retrato, e a pintura em geral, era uma das maneiras do homem reter o tempo. [...]
[...] Outro desenho contemporâneo mostra Iberê com os atributos de seu ofício: no plano de fundo à direita, uma vasilha com pincéis deixa clara sua ocupação. Novamente são seus olhos grandes e inquisidores que nos permitem entrar na cena. O artista veste os atributos da sua profissão. Desafia a si mesmo com sua própria imagem diante do espelho. Sou quem enxergo e represento o que sou, desvelando sua alma ao contemplador. Valente, temeroso, soberbo, melancólico, a história de uma vida é contada por seu protagonista. Como se fosse um verdadeiro manifesto visual, o retratado se envolve de objetos, ambientes ou cores que aportam informação a respeito da sua identidade."
HERRERA, María José. Iberê Camargo: um ensaio visual. Porto Alegre: Fundação Iberê Camargo, 2009. p. 14-15.

Mostrar menosMais informações

Detalhes

  • Título: Autorretrato
  • Criador: Iberê Camargo
  • Data: 1943
  • Local: Rio de Janeiro
  • Dimensões físicas: 32,3 x 23,6 cm
  • Tipo: Drawing
  • Direitos: © Fundação Iberê Camargo
  • Meio: Graphite and China ink on paper
  • Técnica: Grafite e nanquim sobre papel
  • Tombo: D0802
  • Foto: © Fábio Del Re_VivaFoto
  • Coleção: Maria Coussirat Camargo, Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre

Recomendado

Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil