Carregando

Bolsa de miçangas Bawe Shabirabe

Kaxinawa People2011

Museu do Índio

Museu do Índio

Bolsa de miçangas provida de alça e recipiente com tampa, confeccionada com contas coloridas de miçangas e linha de nylon. Possui recipiente e tampa com diferentes padrões denominado Kape Hina (alça e laterais); Bawe Shabirabe (corpo) que segnificam respectivamente rabo de jacaré e colírio. Exibe acabamento inferior em franja.

Mostrar menosMais informações

Detalhes

  • Título: Bolsa de miçangas Bawe Shabirabe
  • Criador: Kaxinawa People
  • Data de criação: 2011
  • Local de criação: Terra Indígena Kaxinawá do Rio Jordão, Brasil
  • Dimensões físicas: 80,0 cm de comprimento; 13,5 cm de largura
  • Procedência: Os motivos tecidos pelas mulheres, os Kene, por sua vez, são considerados a "escrita dos "yuxin" e remetem ao encontro secreto da desenhista com a jiboia ancentral, dona dos desenhos.
  • Tipo: Adornos de materiais ecléticos
  • Fotógrafo: Geoge Magaraia
  • Direitos: Museu do Índio
  • Meio: Miçangas e fio de naylon
  • Bibliographic References: RIBEIRO, Berta G. Dicionário do Artesanato Indígena/1988; MALCHER, José Gama. Índios/1964; MUSEU DO ÍNDIO. Boletim do Museu do Índio n°8/1998; MOTTA, Dilza Fonseca da. Tesauro de cultura material dos índios no Brasil/2006.LAGROU, Els. A miçanga o mito e no rito Kaxinawá. In: No caminho da miçanga: um mundo que se faz de contas. Rio de Janeiro: Museu do Índio, 2016.

Recomendado

Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil