A carregar

Cena marítima e campestre

1725/1750

Museu Nacional do Azulejo

Museu Nacional do Azulejo

Painel recortado apresentando duas cenas distintas, uma marítima e outra campestre, qualquer uma delas característica das representações azulejares de um período – o 2º quartel do século XVIII –, correntemente designado como de "Grande Produção". Sendo o azulejo tradicionalmente pensado, em Portugal, para o revestimento de espaços arquitetónicos precisos, diversas foram as soluções encontradas para cobrir grandes extensões murais. Partindo sempre de fontes iconográficas gravadas, era possível associar representações distintas, prolongando-as se necessário fosse. No caso presente, uma árvore colocada ao centro da composição permite alongá-la, funcionando, em simultâneo, como elemento de separação e encobrindo o corte abrupto da fachada do palácio que fecha a cena marítima. A moldura recortada na parte superior, de grande efeito cenográfico, acentua a composição teatral das duas cenas. Produção de Lisboa.

Mostrar menosLer mais
  • Título: Cena marítima e campestre
  • Data de Criação: 1725/1750
  • Localização: MNAz, Museu Nacional do Azulejo, Lisboa, Portugal
  • Dimensões físicas: 199 cm x 440 cm
  • Tipo: Azulejo
  • Material: Fainça a azul sobre branco

Recomendado

Página Inicial
Explorar
Próximo
Perfil