Loading

Cyclist 11

Iberê Camargo1992

Iberê Camargo Foundation

Iberê Camargo Foundation

"Essas faces (que se movem sobre as outras, do abismo) retêm muito da nossa humanidade, angústias, alienações civis, ignorâncias particulares e republicanas, sonhos amarrados em candelabros (também carretéis), o amor perdido, a história de um tempo primevo, mítico entre o profano e o divino. [...]
Criaturas, com todas as nossas dúvidas, sobressaltos, pedalando, vão sobre alguma irrisória, vã esperança. Mas pedalam. Não estão imunes da impaciência, nem de prováveis amores. Persistem a martelar o caos do mundo, com os implacáveis pés.
E toda a atenção deve ser posta nos olhos. Mesmo que tentemos acrescentar detalhes. Ou extraviá-los. Eles nos conciliam e veem da alma. De dentro de outra história. São olhos indagadores e duros. Longos. Rasgam o vazio, têm luz no amendoado centro, luz que arrasta e move as coisas. Hipnotizam de inocência e morte. [...] Sem rancor ou medo, prenunciam um tempo mais humano e justo. O equilíbrio e a energia por detrás do universo."
NEJAR, Carlos. A arte visceral de Iberê Camargo. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 5 jan. 1991.

Show lessRead more
  • Title: Cyclist 11
  • Creator: Iberê Camargo
  • Date: 1992
  • Location: Impressa por Eduardo Haesbaert, ateliê da rua Alcebíades Antônio dos Santos, Porto Alegre
  • Physical Dimensions: 24,4 x 29,6 cm
  • Type: Print
  • Rights: © Fundação Iberê Camargo
  • Medium: Etching and aquatint (lavis)
  • Técnica: Água-forte e água-tinta (lavis)
  • Credit: © Fábio Del Re_VivaFoto
  • Collection: Maria Coussirat Camargo, Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre
  • Accession number: G179-1

Recommended

Home
Explore
Nearby
Profile