Carregando

Detalhe de colar de dentes de macaco

Kaxinawa People1950

Museu do Índio

Museu do Índio
Rio de Janeiro, Brasil

Colar dentes constituido por camadas sobrepostas de dentes de macaco, que somam onze fileiras. Os dentes encontram-se presos a base de cordões, tecido com fios de algodão natural segundo a técnica de torção em "s" e tingidos de urucum. Exibe as extremidades arrematadas com fios de algodão natural formando uma guarnição de franjas.

Mostrar menosMais informações
  • Título: Detalhe de colar de dentes de macaco
  • Criador: Kaxinawa People
  • Data de criação: 1950
  • Local de criação: Terra Indígena Kaxinawá do Rio Jordão, Brasil
  • Dimensões físicas: 43,8 cm de comprimento; 18,0 cm de largura; 2,0 cm de espessura
  • Procedência: Dentes são o locus da força vital para os Kaxinawá. Por ser vetor da força vital, ocupam lugar de prestigio na vida social deste povo. É a força vital que possuem que fazem com que não quebrem. Homens, mulherese e crianças usam dentes de macaco e roedores para se embelezar e dentes de jacaré para se protegerem de picadas de cobra. Os homens guardam caninos de onça em colar com contas como troféu.
  • Tipo: Adornos de materiais ecléticos
  • Fotógrafo: George Magaraia
  • Direitos: Museu do Índio
  • Meio: Dentes de macaco e fios de algodão
  • Bibliographic References: RIBEIRO, Berta G. Dicionário do Artesanato Indígena/1988; MALCHER, José Gama. Índios/1964; MUSEU DO ÍNDIO. Boletim do Museu do Índio n°8/1998; MOTTA, Dilza Fonseca da. Tesauro de cultura material dos índios no Brasil/2006.LAGROU, Els. A miçanga o mito e no rito Kaxinawá. In: No caminho da miçanga: um mundo que se faz de contas. Rio de Janeiro: Museu do Índio, 2016.

Recomendado

Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil