A carregar

Secção de frontal de altar de inspiração indiana representando duas corças e um veado, tendo por trás uma palmeira, arbustos com bagas e camélias e duas árvores laterais, iconografia exótica, na apar~encia puramente decorativa, mas suportada por uma intencionalidade simbólica que explica o seu uso num altar de liturgia católica. Efetivamente, pode-se identificar a folha de palmeira como simbolo de imortalidade e da vitória de Cristo.

Detalhes

  • Título: Frontal de Altar
  • Data de Criação: 1650
  • Localização física: MNAz, Museu Nacional do Azulejo, Lisboa, Portugal
  • Dimensões físicas: 55.5 cm x 83.5 cm
  • Proveniência: Desconhecida
  • Material: Faiança policroma

Obter a aplicação

Explorar museus e desfrutar de funcionalidades como o Art Transfer, o Pocket Galleries e o Art Selfie, entre outras

Recomendado

Google Apps