A carregar

Frontal de altar

Autor desconhecidoSéculo XVII

Museu Nacional de Machado de Castro

Museu Nacional de Machado de Castro
Coimbra, Portugal

Este frontal de altar, antiga propriedade do Mosteiro do Lorvão, é um belo exemplo de cruzamento cultural, combinando temas das chitas indianas, nos painéis, com motivos dos damascos e brocados europeus, na moldura. Os painéis representam em tons de azul, verde e amarelo, sobre fundo branco, uma delicada ramagem com grandes flores de pétalas magníficas, pequenas folhas e frutos, que aves de cauda longa sobrevoam. Na parte inferior desenvolve-se uma paisagem, com pagode de gosto chinês e fauna variada, na qual avultam gazelas, coelhos e patos em movimento. Os frontais de altar feitos de azulejo surgiram na sequência de uma determinação do Cabido de Sevilha, em 1509, desaconselhando o uso de tecidos luxuosos na paramentaria das igrejas.

Detalhes

  • Título: Frontal de altar
  • Criador: Autor desconhecido
  • Data de Criação: Século XVII
  • Localização física: Museu Nacional de Machado de Castro, Coimbra, Portugal
  • Dimensões físicas: 95 cm x 156 cm
  • Proveniência: Mosteiro do Lorvão
  • Tipo: Azulejaria
  • Direitos: Fotografia: DGPC/ADF - Arquivo de Documentação Fotográfica
  • Material: Azulejo

Obter a aplicação

Explorar museus e desfrutar de funcionalidades como o Art Transfer, o Pocket Galleries e o Art Selfie, entre outras

Recomendado

Google Apps