Loading

Iberê Camargo and Djanira at the "Salão Preto e Branco" opening

1954

Iberê Camargo Foundation

Iberê Camargo Foundation
Porto Alegre, Brazil

Iberê e Djanira iniciam, em 1953, intensa campanha pela reivindicação de materiais de qualidade para a produção de trabalhos artísticos. O movimento ganha reconhecimento internacional, merecendo matéria na revista Time de 3 de maio de 1954. Em 5 de maio, inaugura-se o 3o Salão Nacional de Arte Moderna, no Palácio da Cultura/Ministério da Educação e Saúde, no Rio de Janeiro. O Salão ficou conhecido como "Salão Preto e Branco", no qual mais de 300 artistas apresentam, em protesto, somente obras em preto e branco. Até o fim 480 artistas brasileiros aderiram a este que foi um dos raros momentos de mobilização da categoria dos artistas plásticos no Brasil.

Details

  • Title: Iberê Camargo and Djanira at the "Salão Preto e Branco" opening
  • Date Created: 1954
  • Location Created: Rio de Janeiro, RJ
  • Rights: © Fundação Iberê Camargo
  • Medium: Photography
  • Credit: Autor não identificado
  • Collection: Acervo Documental Fundação Iberê

Get the app

Explore museums and play with Art Transfer, Pocket Galleries, Art Selfie, and more

Recommended

Google apps