Carregando

Jogos Infantis

Candido Portinari1944

Projeto Portinari

Projeto Portinari
Rio de Janeiro, Brasil

Composição nos tons ocres (predominantes), terras, cinzas, branco, rosa, amarelo, azuis, vermelho e verde. Textura áspera resultado do próprio suporte da obra. Composição monumental representando crianças brincando. Planos superpostos, perspectiva distorcida e efeitos de transparência representados por áreas coloridas e geometrizadas resultam em jogos de luz e sombra e claro-escuro, e que contribuem para o grande dinamismo da composição. Ao centro, área em tom claro contrastando com o que a circunda que é em tons mais escuros. As crianças encontram-se isoladas ou em grupos, algumas brincando, outras apenas observando o que se passa à sua volta. À esquerda, embaixo, menino montado a cavalo, de trás para frente. O animal parece estar sobre um estrado, encontra-se de perfil para a esquerda e tem a cabeça para baixo como se estivesse pastando. Seu pêlo é claro com pequenos círculos espalhados sugerindo ser pintado. O menino está de perfil para a direita e cabeça 3/4 voltada para trás; ele está apenas contornado, sugerindo transparência. Tem as pernas encolhidas e seus braços estão apoiados sobre o lombo do cavalo. Mais para cima, menina, também contornada sugerindo transparência, sentada de perfil para a esquerda e com o rosto voltado para frente, tem as pernas esticadas e usa vestido com bolinhas. Um pouco mais para cima e para a direita, dois meninos pulando carniça; o primeiro, também representado por transparência, está em pé, de perfil para a esquerda e com tronco e cabeça inclinados para baixo; o segundo está no ar, com braços e pernas abertos, seu rosto não tem traços fisionômicos definidos vendo-se apenas o cabelo batido pelo vento. Usa camisa de losangos e calças estampada de pontinhos. No centro da composição, contra a área mais clara do fundo, roda composta por seis meninos e dois no centro brincando de cabra-cega. A perspectiva da roda é de como se ela estivesse sendo vista de um plano alto. Na parte de baixo da roda vêem-se dois meninos: o que está mais para a direita, está de costas, com a cabeça para trás e de perfil para a esquerda, tem as pernas bem afastadas, vendo-se os tornozelos e os pés de perfil para a esquerda, sugerindo vigor pela definição da musculatura. Seu braço esquerdo está esticado para o lado e sua mão está entrelaçada à mão direita do outro menino que está aproximadamente no mesmo plano. Deste menino vê-se apenas a mão direita vigorosa, perna e pé direito sugerindo estarem bem afastados do esquerdo, e sua cabeça que está de perfil para a direita. Sobre seu braço direito cabeça de menino de perfil para a esquerda usando chapéu de papel. Seu corpo não está visível por encontrar-se a seu lado um grupo de quatro meninos que estão do lado de fora da roda; dois deles usam chapéu de papel, sendo que um está de frente ajoelhado sobre a perna esquerda e segurando um pião na mão esquerda, o outro tem a cabeça de perfil para a esquerda; e mais dois que estão de perfil para a direita sendo que um deles está sentado no chão com as pernas encolhidas. Voltando à roda, vê-se, mais para cima, um outro menino de frente com as pernas afastadas, cabeça inclinada para a direita e sugestão de estar usando roupa escura. Completam a roda mais três meninos: um de frente com a cabeça inclinada para baixo, um de perfil para a esquerda e outro com o corpo de perfil, mas com a cabeça de frente. No interior da roda, vê-se ao centro, menino de frente, com braços e pernas abertos e com os olhos vendados. À direita, outro menino quase de perfil para a esquerda ajoelhado sobre a perna esquerda, usando camisa de arlequim. Fora da roda, à direita, embaixo, três meninas em fila sentadas no chão, de perfil para a esquerda, com cabeças voltadas para o alto e braços direitos esticados para cima e esquerdos ao longo dos corpos, usam vestidos estampados com pequenos pontinhos. À direita da composição, dois meninos numa gangorra que atravessa a quase totalidade do lado da composição, na diagonal, da direita para a esquerda e de baixo para cima. O menino que está embaixo está de perfil para a esquerda, usa chapéu de papel e roupa estampada por traços pretos na vertical distribuídos simetricamente. O que está em cima na gangorra não tem rosto definido, seus braços estão abertos e usa roupa estampada de pontinhos. Mais para a direita e no alto, menina caminhando para a esquerda com o braço direito esticado segurando o que seria um ramo de flores. Deste lado da composição o fundo não só apresenta as cores existentes por toda a composição como também áreas em tons de rosas e azuis, preenchidas por traços na vertical distribuídos simetricamente, vendo-se também faixa na diagonal, seguindo a mesma direção da gangorra que é listrada de azul e branco.

Mostrar menosMais informações
  • Título: Jogos Infantis
  • Data: 1944
  • Local de criação: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Dimensões físicas: 1295 x 477cm sem moldura
  • Procedência: João Candido Portinari
  • Link externo: Projeto Portinari
  • Direitos: João Candido Portinari
  • Técnica: têmpera
  • Tema: Diversos:Objetos:Arapuca, Diversos:Objetos:Cabaça, Cultura Brasileira:Jogos infantis:Brincadeiras:Brincando de roda, Cultura Brasileira:Jogos infantis:Brincadeiras:Brincando na gangorra, Cultura Brasileira:Jogos infantis:Brinquedos:Arapuca, Natureza:Animais:Cavalo, Figura Humana:Grupo:Crianças
  • Pintor: Candido Portinari
  • Número: FCO 1760
  • Função: Obra executada para decorar a sala de espera do gabinete do ministro no Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro, RJ
  • Catalogue Raisonné: CR-2300
  • Assinatura: Assinada e datada no centro da margem direita "[POR]TINARI 1945"

Recomendado

Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil