Carregando

Múmia pré-histórica de indivíduo do sexo masculino

Museu Nacional

Museu Nacional

Deserto de Atacama, norte do Chile. O clima desértico, associado a grandes concentrações de sal gema encontradas nos solos do Atacama, faz com que essa região seja uma das mais áridas do mundo, o que favorece a preservação de matérias orgânicas. Como conseqüência, muitos corpos pré-históricos têm sido achados em suas areias em boas condições de conservação. É o caso do corpo deste indivíduo, encontrado em uma sepultura em Chiu-Chiu, próximo à cidade de Calama, a mais de dois mil metros de altitude. Sua sepultura, tipicamente atacamenha, foi utilizada entre 4.700 e 3.400 anos atrás, período em que as culturas do deserto começaram suas atividades caravaneiras. No frio do deserto era comum dormir sentado, com a cabeça apoiada nos joelhos, possivelmente um modo de se aquecer melhor sob os ponchos e gorros feitos de lã de lhama. Essa era também a posição em que os mortos eram enterrados, envolvidos em roupas e cobertas, junto com seus pertences. Neste caso, restou apenas o típico gorro atacamenho que ele veste, tecido em lã e enfeitado com pelos de lhama. Seu corpo não apresenta sinais externos da causa da morte. A lesão visível na face esquerda, onde o osso está fraturado, foi decorrente de um trauma. Os atacamenhos não tinham tradição guerreira, mas em alguns momentos lutaram e praticaram rituais violentos.

Mostrar menosMais informações
  • Título: Múmia pré-histórica de indivíduo do sexo masculino
  • Direitos: Copyright © 2017 Museu Nacional/UFRJ
  • Área de Conhecimento: Arqueologia
  • Sala de Exposição: Culturas Pré-Colombianas
  • Data de Origem/Produção: c. 4.700 e 3.400 anos atás

Recomendado

Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil