Carregando

Oricla: upcycling de resíduos têxteis

Maria Augustina Comas Oyenard

Museu da Casa Brasileira

Museu da Casa Brasileira

30º Prêmio Design MCB - 2º lugar categoria Têxteis | O designer apresenta de forma estratégica seu processo criativo, cuja escolha da materialidade para elaboração da peça promove uma produção e discussão contemporânea sob valores de inovação e de sustentabilidade para criação do objeto. No caso de oreolas de resíduos, material normalmente descartado, elas são transformadas, valorizando suas características como recurso para um “novo” tecido e num “novo” uso. A possibilidade de utilização desse resíduo da indústria têxtil em escala industrial é um dos pontos fortes deste projeto. Toneladas de oreolas de resíduos de camisaria são geradas nas fábricas de confecção, por isso o projeto propõe um diálogo muito pertinente entre pequenos grupos produtivos e a grande indústria da moda. Além disso, tecnicamente, por ser a borda do tecido, a oreola é construída em uma estrutura fechada para não desfiar, tendo, portanto, acabamento próprio. (texto do júri)

Mostrar menosMais informações

Detalhes

  • Título: Oricla: upcycling de resíduos têxteis
  • Criador: Maria Augustina Comas Oyenard
  • Casa de alta-costura: Comas
  • Data de criação: 2016
  • Local de criação: São Paulo, Brasil
  • Tipo: Fabric
  • Fotógrafo: Pat Ikeda
  • Meio: Tecido feito a partir de resíduos têxteis da indústria da confecção, mais especificamente de tecido plano, cuja estrutura o faz indicado para a construção de camisas, e peças de alfaitaria ou para usar em detalhes de peças. A variante apresentada neste prêmio é Oricla Indigo, feita a partir de sobras de jeans de camisaria. Outras variantes foram feitas a partir de tricoline de camisaria branca, preta e azul marinho, chegando em resultados bem diferentes. A possibilidade de ter diversas variantes do mesmo tecido tambem é um distintivo do projeto. Outro diferencial é que o tecido Oricla é produzido mediante o processo conhecido como upcycling. Trata-se de transformar materiais e produtos que foram descartados ou deixados à margem em novos produtos com maior valor e qualidade. O upcycling se diferencia das iniciativas em que novos tecidos são feitos a partir de reciclagem de resíduos. O processo de reciclagem desfibra o tecido original para criar uma nova fibra, que depois será fiada e tecida. No caso de Oricla, o material descartado é transformado valorizando suas características como recurso de design para o novo tecido.

Itens adicionais

Recomendado

Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil