A carregar

Tentações de Santo Antão

Jheronymus BoschSéculo XV

MNAA Museu Nacional de Arte Antiga

MNAA Museu Nacional de Arte Antiga

Assinado por Bosch, este tríptico integra os quatro elementos do Universo (céu, terra, água e fogo) tornando-os cenário de personagens horrendas.
Neste tríptico encontra-se a mais recorrente e central temática de Bosch: a tentação e a solidão do homem justo perante o mal e o diabólico que, de forma expressa no monstruoso e no híbrido ou sob uma falsa e provocadora beleza, domina o mundo terreno.

Nas faces internas, o tríptico mostra três passos da hagiografia de Santo Antão, tentado e seduzido pelos demónios até encontrar o caminho para a salvação através da experiência eremítica. Nas faces externas, visíveis com o tríptico fechado, situação em que normalmente se encontrava, são figuras populares e não demoníacas que acicatam e perturbam o caminho de Cristo da Prisão até ao Calvário; a sua monocromia ajuda a criar uma atmosfera estranha e luarenta, que sublinha a desolação da paisagem e acentua a inquietante certeza de um domínio generalizado do mal.

Mostrar menosLer mais
  • Título: Tentações de Santo Antão
  • Criador: Jheronymus Bosch
  • Data de Criação: Século XV
  • Localização da Criação: Hertogenbosch
  • Dimensões físicas: 131.5 cm x 53 cm
  • Tipo: Pintura
  • Direitos: MNAA Museu Nacional de Arte Antiga, inv. 1498 Pint
  • Material: Óleo sobre madeira de carvalho

Recomendado

Página Inicial
Explorar
Próximo
Perfil