Carregando

The Wonderful World That Already Was or Sleeping At Red Cloud

Myriam Mechita2014/2014

Cidade Matarazzo

Cidade Matarazzo

A árvore tem um papel de peso nas visões da artista, como se atuasse à maneira de uma intermediária nos momentos de mediunidade, entregando mensagens. Como em um sonho, a artista diz ter visto “uma árvore de ouro que se veste na minha frente, um rosto de mulher, um rosto de um homem com os olhos de lápis azuis perdidos por entres os galhos, e todos os meus males desapareceram.” Sua instalação começou no exterior do prédio do hospital com quatro cabeças douradas que saiam, literalmente, de uma árvore, como espíritos ou rajadas de vento. No interior do edifício, a artista criou uma floresta fantasma desenhada em um preto de fumaça nas paredes e uma espécie de cadeira que não apoia ninguém, que vem a ser um trono no centro do espaço à espera de alguém. Sobre a cadeira, estavam pássaros de cristal, flechas com pontas de sílex, galhos de bronze, pedras de ouro e terra queimada coberta com glitter colorido. O conjunto forma uma paisagem de rara intensidade, uma espécie de casa que evoca e nos deixa sentir forças cosmogônicas incomensuráveis que parecem pairar nesse local de serenidade perturbadora. Se a artista se arriscou ao brincar com o fogo, ela conseguiu passar um remédio que abriu seu trabalho para outras. A artista é fascinada por momentos de transcendência, intoxicação e fortes combinações de prazer e dor. Suas obras refletem momentos de êxtase de uma forma elegante, criando um mundo glamoroso e misterioso.

Mostrar menosMais informações
  • Título: The Wonderful World That Already Was or Sleeping At Red Cloud
  • Criador: Myriam Mechita
  • Data: 2014/2014
  • Procedência: Images © Ding Musa; courtesy the artist and Pascal Pique
  • Tipo: installation

Recomendado

Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil