Loading

Transportable City

Los Carpinteros

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Na sétima edição da Bienal de Havana, no ano 2000, Los Carpinteros apresentaram a obra “Ciudad Transportable”. Ao estilo de barracas de camping, dez tendas erigiam-se e identificavam as edificações icônicas de qualquer cidade contemporânea. Edifício de apartamentos, construção militar, igreja, universidade, hospital, prisão, fábrica, capitólio, farol e armazém são escolhidos como elementos denotativos da infraestrutura arquitetônica básica que garante o funcionamento de uma cidade. Trata-se das estruturas simbólicas de organização, controle e poder que dividem o espaço urbano em parcelas interdependentes, colocadas aqui em uma posição de instabilidade e fragilidade, que contrasta com a autoridade que cada uma delas representa. O nomadismo típico do ser contemporâneo entra como variável desestabilizadora quando deixa de ser uma opção individual para ser atribuído a todo o tecido de instituições de domínio que afetam a vida em sociedade. O migrante nunca vai sozinho; com ele, parece viajar todo o sistema formativo e de crenças que molda seu presente: mais que carregar sua casa, ele carrega uma cidade e uma história. Por um lado, a instalação oferece uma interpretação amena e nostálgica, parece, por outro lado, lembrar severamente da impossibilidade de fugir das estruturas de domínio, pois essa cidade é onipresente, idêntica em sua configuração, similar em suas intenções – e as unidades opressivas que a conformam serão encontradas em todo lugar. Embora uma leitura local, desde referências arquitetônicas cubanas, seja possível, ao padronizar essas construções, os artistas lançam sua reflexão para além do contexto da ilha, chamando a atenção sobre questões que dizem respeito ao homem contemporâneo, qualquer que seja sua geografia de origem. Para Los Carpinteros, artistas que hoje constroem sua vida e obra de várias coordenadas, como cidadãos do mundo, a “CiudadTransportable”, tal qual fantástica premonição, é metáfora de seu cotidiano atual.

Show lessRead more

Recommended

Home
Explore
Nearby
Profile