Um museu carioca

MAM Rio

O Rio de Janeiro foi a cidade mais fotografada do mundo depois de Paris até os anos 1950, e ainda hoje, décadas depois, a cidade continua despertando interesse de artistas e fotógrafos. A exposição “Um museu carioca” reúne obras de nomes de diferentes gerações, cariocas ou não, que de alguma maneira se relacionam com a cidade. São objetos, pinturas, fotografias e instalações em uma seleção que mostra o "espírito do Rio" nas coleções do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, demonstrando o quão caótica e criativa esta cidade é. Combinando improvisação e rigor, as imagens revelam o contraste entre espaços públicos da cidade e o clichê da "cidade maravilhosa". Em meio a colinas e ruas estão gestos informais e estruturas geométricas, onde os sentimentos e conflitos se alternam e identidades permanecem em fluxo. O significado desterritorializado do espírito do Rio, ressaltado em obras que alternam noções de local e global, alimentam preocupações e desafios comuns.

Créditos: história

MAM Rio, 2016.

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil