Como era a vida de Frida Kahlo?

Colección Blaisten

Saiba como foi a vida de Frida na Casa Azul através das lentes dos fotógrafos Guillermo Zamora e Bernice Kolko.

Como era a vida de Frida?
Guillermo Zamora, fotógrafo profissional, fez uma série de fotos em que é possível conhecer o interior da famosa Casa Azul de Frida Kahlo, onde ela morava junto com Diego Rivera. Hoje, essa casa é conhecida como o Museu Frida Kahlo.

O terreno em Coyoacán onde agora está o Museu Frida Kahlo foi comprado por Guillermo Kahlo, pai de Frida. A casa é de 1904 e foi construída seguindo um estilo típico do período, com quartos em torno de um pátio central.

O estúdio foi adicionado posteriormente, em 1946, por Juan O'Gorman e segue seu estilo de arquitetura funcionalista.

Além de ser o espaço onde Frida criava, Diego o usava para guardar algumas de suas obras de arte pré-hispânicas.

A sala de jantar reflete o amor de Frida e Diego pelo México com uma seleção de artesanatos de todo o país, como as cerâmicas de Puebla, Jalisco e Michoacán.

Zamora retratou esta obra que Frida tinha em sua sala de jantar, a qual reflete o início da luta pelos direitos dos trabalhadores.

Frida tinha uma coleção de mais de 400 ex-votos, que originalmente eram mantidas no patamar da escada que leva ao estúdio.

Frida Kahlo adorava a tradição mexicana de pintar oferendas de gratidão a santos, à Virgem Maria ou a Cristo, em agradecimento pelo livramento de um acidente ou infortúnio.

Frida Kahlo com a pintura simbólica "A Mesa Ferida", cujo paradeiro é desconhecido.

Esta parte do pátio também foi projetada por Juan O'Gorman. Diego pediu que ele usasse rocha vulcânica, que fora utilizada na construção do Museu Anahuacalli. Também incluíram conchas de caracol e vasos de plantas para acompanhar a decoração.

As imagens de Judas que podem ser vistas em toda a casa são obra de Carmen Caballero Sevilla, artesã que durante muitos anos trabalhou no Mercado Abelardo Rodríguez criando e vendendo essas imagens de papel machê, tradicionalmente associadas à Semana Santa.

Aqui Guillermo Zamora retrata sua coleção de Judas.

No pátio da Casa Azul, Diego e Frida tinham plantas e flores nativas do México. Para Frida, a natureza era extremamente importante: mais do que meramente parte da decoração, as plantas eram sua inspiração.

Bernice Kolko era amiga íntima de Frida e sua principal fotógrafa. Aqui a vemos convivendo com seu grupo de amigos mais próximos.

Frida e Diego moraram na Casa Azul de 1929, quando foram casados pela primeira vez, a 1954, ano em que Frida faleceu em casa.

As cinzas de Frida ainda estão no quarto dela, em uma urna de barro na cômoda.

Créditos: história

Textos: Renata Blaisten
Selección de obra: Renata Blaisten

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil