Rio: Rotas & Monumentos 2

Conservação Rio

A cidade maravilhosa não é feita só de praias e belezas naturais de tirar o fôlego. Nessa exposição, você verá os melhores pontos da zona sul da cidade, como parques, praças, monumentos e um pouco mais de suas histórias.

Praça Paris
Quem vai do Centro da cidade em direção à Zona Sul encontra a Praça Paris, no bairro da Glória. Com jardins no Estilo Francês, inspirados no Palácio de Versalhes, muitos arbustos, um lago e uma fonte em composição simétrica, a praça é uma relíquia do final da Belle Époque. Projetada em um antigo aterro e inaugurado em 1926, ela foi arquitetada pelo urbanista francês Alfred Agache.
Parque do Flamengo
O Parque do Flamengo é a maior área de lazer ao ar livre da cidade e oferece uma enorme variedade de quadras esportivas, brinquedos recreativos e monumentos. Inaugurado em 1965, o parque localizado junto a Baía de Guanabara foi concebido pela designer Lota de Macedo Soares. O toque modernista em seus jardins foi concebido pelo artista Roberto Burle Marx, renomado mundialmente.
Deck do Flamengo
Ainda dentro do parque, o Deck do Flamengo oferece aos visitantes uma linda vista panorâmica da Baía de Guanabara com o Pão de Açúcar ao fundo. Foi com esta vista privilegiada que a cidade nasceu, em 1 de março de 1565, próximo de onde você encontra o monumento em homenagem ao fundador do Rio de Janeiro, Estácio de Sá.
Praia Vermelha
Localizada entre o Morro da Urca e o Morro da Babilônia, a Praia Vermelha é um pequeno paraíso perto de uma das mais icônicas vistas do Rio de Janeiro, o Pão de Açúcar. Aqueles que frequentam essa praia ainda podem contemplar a passagem dos bondinhos enquanto curtem o sol.

Praça General Tibúrcio vista de cima com o monumento aos Heróis de Laguna e Dourados.

Monumento aos Heróis de Laguna e Dourados, ao centro da Praça General Tibúrcio.

É na frente do bairro da Urca que o Oceano encontra a Baía de Guanabara. Da mureta, é possível admirar a bela paisagem e curtir a calma e tranquilidade do bairro bebendo uma cerveja gelada e petiscando aperitivos dos bares ao redor, um programa tipicamente carioca.

Copacabana
Logo após o Leme, uma das praias mais famosas do mundo: Copacabana. Já imaginou por os pés nessa areia? Caminhando por lá você ainda encontra monumentos de grandes figuras brasileiras como Carlos Drummond de Andrade e Dorival Caymmi.

Inaugurada para celebrar os 115 anos da abolição dos escravos no Brasil, a estátua da Princesa Isabel está localizada hoje na avenida que leva seu nome, na entrada do bairro de Copacabana. Ela ficou conhecida como "A Redentora" por ter assinado a lei final para libertação dos últimos africanos em regime de escravidão.

Copacabana vista de cima com o clássico design de Roberto Burle Marx no seu calçadão.

Visão das praias de Copacabana, Arpoador e Ipanema.

Millor Fernandes (1923-2012) foi jornalista, poeta, desenhista e dramaturgo. Ele homenageado com um banco entre as praias do Diabo e do Arpoador, de onde é possível assistir ao mais bonito pôr-do-sol da cidade. Com projeto do urbanista Jaime Lerner, o banco flutuante de madeira e aço corten possui o perfil do escritor apelidado de “O Pensador de Ipanema”, desenhado pelo amigo Chico Caruso.

Seguindo a praia de Ipanema até chegar a praia do Leblon você encontra a estátua de Zózimo Barrozo do Amaral, prestigiado colunista de grandes jornais brasileiros.

Créditos: história

Secretário Municipal de Conservação e Serviços Públicos: Marcus Belchior.

Coordenadora Geral: Ana Luiza Toledo Piza.
Gestor de Projeto e T.I.: Rodrigo Kemel.
Fotos: Daniel Coelho.
Fotos Aéreas: João Francisco.
Textos e Curadoria: Amanda Cinelli.
Apoio: Lenora Vasconcellos.

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil