Edsel Ford, Diego Rivera e Frida Kahlo

The Henry Ford

Explore a relação entre dois artistas mexicanos inovadores e um magnata norte-americano do setor automotivo com muito talento para o design.

Diego Rivera e Frida Kahlo em Detroit, EUA
De 1932 a 1933, os artistas Frida Kahlo e Diego Rivera passaram nove meses em Detroit, época em que Rivera trabalhou na obra "A Indústria de Detroit", uma série ambiciosa de afrescos no Instituto de Artes de Detroit (DIA, na sigla em inglês).
Edsel Ford e "A Indústria de Detroit"
Edsel Ford, que na época era o presidente da Comissão de Artes de Detroit e presidente e CEO da Ford Motor Company, encomendou a obra “A Indústria de Detroit” e manteve um papel ativo durante todo o projeto. O investimento dele foi de importância pessoal, dado o interesse pelas artes, e profissional, uma vez que os métodos de produção de Ford serviram de inspiração para o trabalho.

O próprio Edsel Ford era designer. O toque de design dele em diversos modelos da Ford, em especial o Lincoln Continental, foi uma importante contribuição para o setor automotivo.

Correspondências entre o escritório de Edsel Ford e o DIA confirmam o profundo comprometimento dele com “A Indústria de Detroit”. Ford aceitou contratar um determinado rebocador e atendeu às solicitações de Diego Rivera sobre tipos muito específicos de vidro e areia a serem utilizados na criação dos afrescos.

Apoio a “A Indústria de Detroit”
Edsel Ford direcionou os recursos da Ford Motor Company para dar suporte ao projeto de “A Indústria de Detroit”.

Enquanto Diego Rivera se preparava para criar "A Indústria de Detroit", ele visitou o grandioso Complexo Rouge da Ford. A imaginação de Rivera foi atraída pelos métodos de produção que ele observou, muitos dos quais podem ser vistos na série acabada de afrescos.

Durante o trabalho de Rivera em "A Indústria de Detroit", a Ford Motor Company forneceu imagens de vários aspectos do Complexo Rouge. Esta foto foi tirada pelo Departamento de Fotografia da Ford especificamente para Rivera, que incluiu trabalhadores recebendo o pagamento de um veículo semelhante nos afrescos.

O Departamento de Fotografia da Ford Motor Company também forneceu a Rivera imagens de pessoas. Fotos de Edsel Ford serviram de modelo para a aparência dele nos afrescos de "A Indústria de Detroit" e em um retrato pessoal encomendado separadamente.

Os registros de “A Indústria de Detroit”
A Ford Motor Company fotografou o progresso de Diego Rivera nos afrescos de “A Indústria de Detroit” e registrou outros eventos relacionados ao projeto.

Frida Kahlo, a esposa de Rivera, começou a ser reconhecida como artista pelos próprios méritos durante o tempo que viveu em Detroit.

Ao final do projeto, Edsel Ford forneceu negativos e cópias impressas de todas as fotos documentais ao DIA.

Além de “A Indústria de Detroit”
A relação entre Edsel Ford, Diego Rivera e Frida Kahlo foi além dos afrescos de "A Indústria de Detroit".

Dezenas de fotografias que registram a fábrica da Ford Motor Company na Cidade do México datam de 1932 e estão identificadas como "Foto de Kahlo”.

Essas imagens foram, provavelmente, capturadas pelo pai de Frida Kahlo, Guillermo Kahlo, que fotografou importantes locais arquitetônicos e industriais no México.

Frida Kahlo e Edsel Ford mantiveram contato após a conclusão dos afrescos, trocando uma série de cartas nos anos 1940.

Nesta carta, Edsel Ford elogiou os afrescos de “A Indústria de Detroit”.

Diego Rivera relatou que Edsel Ford agiu com "simplicidade e objetividade". O pai dele, Henry Ford, observou que Edsel era "o artista de nossa família". Essas características estimularam os famosos afrescos de "A Indústria de Detroit" e também uma relação aparentemente improvável entre um magnata norte-americano do setor automotivo e dois inovadores artistas mexicanos.

Créditos: história

From The Henry Ford Archive of American Innovation™.

Visit The Henry Ford's Digital Collections for more artifacts related to Frida Kahlo, Diego Rivera, and Edsel Ford, or visit our blog to learn more about our related collections.

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil