Audrey Hepburn e Salvatore Ferragamo

Museo Salvatore Ferragamo

A história de uma mulher extraordinária, mito e símbolo de elegância

"Os pés compridos e finos de Audrey Hepburn estão em perfeita harmonia com sua altura. Ela é uma verdadeira artista e uma verdadeira aristocrata. Audrey é sempre natural e completamente espontânea, seja atuando ou comprando sapatos ou bolsas. Ela pode falar com inteligência e conhecimento sobre filosofia, arte, astronomia e teatro."
Salvatore Ferragamo
"A princesa e o plebeu"
Quando o filme "A princesa e o plebeu", de William Wyler surgiu em 1953, ficou imediatamente evidente que uma estrela nova havia nascido. Seu nome era Audrey Hepburn. Ela tinha grandes olhos escuros, cheios de vida, travessos e inocentes ao mesmo tempo, um sorriso íntimo, terno e espirituoso, um físico quase adolescente e uma maneira charmosa de se mover como se ela não tivesse corpo.

Nasce um ícone

Ela representava um tipo completamente novo no cinema americano, familiarizado até então com o voluptuoso vampiro ou a vizinha confiável. Milhões de mulheres em todo o mundo por décadas tentaram imitar seu estilo, seu senso de moda, seus cabelos e sua maquiagem, mas sem sucesso. Audrey Hepburn era inimitável. Seu fascínio não tem nada fabricado, mas brota de suas qualidades únicas como ser humano, desenvolvidas ao longo de uma vida obviamente marcada pelo sucesso, mas também assombrada por tristezas e decepções.

Primeiros anos

Ela passou a infância na Holanda ocupada pelos nazistas e treinou balé clássico desde cedo. Depois, teve uma brilhante estreia na Broadway, onde foi escolhida por Colette para representar a alegre Gigi.

Audrey Hepburn ganha o prêmio de melhor atriz: Oscar de 1954

O sucesso internacional de "A princesa e o plebeu" trouxe-lhe um Oscar e foi seguido por uma série de filmes maravilhosos dirigidos por alguns dos maiores diretores americanos. Ela certamente foi favorecida pela fama e ganhou grande admiração pública e profissional, mas talvez tenha sido mais notável por seu extraordinário compromisso com seu trabalho e com um mundo mais amplo. Ela se aposentou cedo do cinema para dedicar-se à proteção das crianças no Terceiro Mundo com notável determinação e entusiasmo.

Audrey Hepburn e Salvatore Ferragamo
Salvatore Ferragamo era conhecido como "sapateiro das estrelas" e criou vários sapatos para Audrey Hepburn no início da carreira dela na década de 1950. Os sapatos são obras da mais alta habilidade, refletindo a suprema capacidade técnica, prática e imaginativa de um artista que estava constantemente consciente de seu ambiente cultural.

"A elegância é a única beleza que nunca se desvanece."

Audrey Hepburn

A beleza de uma mulher deve ser vista nos olhos, pois eles são a entrada para o coração, o lugar onde o amor reside.

Audrey Hepburn

"Não há limite para a beleza, nenhum ponto de saturação no design, nenhum fim para o material..."

Salvatore Ferragamo

"Como resumirei minha vida? Acho que tenho sido particularmente sortuda. Isso também tem algo a ver com a fé? Minha mãe sempre costumava dizer: "As coisas boas não vão simplesmente cair no seu colo. Deus é muito generoso, mas espera que você faça sua parte primeiro.". Então você precisa se esforçar. Mas no final de um período ruim ou de um grande esforço, eu sempre ganhei - como vou dizer isso? - o prêmio no final. Minha vida inteira mostra isso."

Audrey Hepburn

"Decidi, muito cedo, apenas aceitar a vida incondicionalmente. Nunca esperei que ela fizesse algo especial para mim, mas eu parecia fazer muito mais do que esperava. Na maior parte do tempo, tudo simplesmente aconteceu comigo sem que eu procurasse."

Audrey Hepburn

"Eu nunca me achei um ícone. O que está na mente de outras pessoas não está na minha. Eu só faço a minha parte."

Audrey Hepburn

"Elegância e conforto não são incompatíveis, e quem acredita no contrário simplesmente não sabe o que está falando."

Salvatore Ferragamo

"Adoro pessoas que me fazem rir. Eu sinceramente acho que a coisa que eu mais gosto é rir. O riso cura muitos males. É provavelmente a coisa mais importante em uma pessoa."

Audrey Hepburn

"É essa ideia maravilhosa e antiquada de que os outros vêm primeiro e você vem em segundo lugar. Fui criada com essa ética. Os outros são mais importantes do que você, então não se preocupe, querida. Continue assim."

Audrey Hepburn

"Lembre-se que, se você precisar de uma mão amiga, ela estará no final do seu braço. Ao envelhecer, não esqueça que você tem outra mão: a primeira serve para ajudar a si mesmo, a segunda para ajudar os outros."


Audrey Hepburn

"O tamanho de seus pés também me fala sobre seu caráter. Eu dividi as mulheres que vieram até mim em três categorias: Cinderela, Vênus e Aristocrata. [...] Vênus geralmente tem grande beleza, glamour e sofisticação, embora sob seu exterior reluzente muitas vezes ela seja basicamente uma pessoa caseira que ama as coisas simples da vida. Como essas duas características são mutuamente contraditórias, Vênus muitas vezes é incompreendida. As pessoas a acusam de ter muita frivolidade e amor ao luxo."

Salvatore Ferragamo

"As oportunidades são raras. Então, quando aparecem, você precisa agarrá-las."

Audrey Hepburn

"Nada é impossível, a própria palavra em inglês diz isso: I'm possible/Impossible)!"

Audrey Hepburn

Créditos: história

Créditos

Museo Salvatore Ferragamo
Florença, Itália
http://www.ferragamo.com/wps/wcm/connect/019a61cb-29fe-494f-a5a7-27102d76d135/cs_audrey_en.pdf?MOD=AJPERES

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil