Frida Kahlo pela perspectiva de outros artistas

Colección Blaisten

Hoje em dia, Frida é conhecida no mundo todo, mas a imagem dela sempre atraiu os artistas. Esta exposição inclui exemplos das formas como Frida se tornou um ícone do mundo artístico, retratada por vários artistas.

Frida: da artista à imagem icônica
Frida Kahlo se tornou um ícone das mulheres batalhadoras, da modernidade e da "mexicanidad" (identidade mexicana). Já naquela época, muitos artistas tentaram prestar homenagem a ela.

Rosa Rolanda, bailarina, coreógrafa e pintora americana, foi uma amiga íntima de Frida.

Nessa pintura, ela mostra a amiga como uma boneca.

Diego Rivera pintou sua amada Frida como um coração com sangue saindo das veias. O sangue se transforma em plantas cujas raízes lembram o mapa do México, terra que Frida amava e onde havia nascido.

A monocelha de Frida é uma característica constante nos tributos dele.

O colar de espinhos, representando tortura perpétua, remete à vida trágica que ela teve.

Francisco Ochoa pintou Frida Kahlo, Diego Rivera e María Felix. Essa composição é uma alegoria à "mexicanidad" (identidade mexicana): uma nação de artistas cercados por mulheres poderosas, inteligentes e influentes.

Carlos Guerrero a retrata como uma santa: um ícone cultural.

Frida também é retratada em uma alusão ao símbolo do Partido Comunista, do qual ela fazia parte e de cujo movimento era defensora convicta.

Créditos: história

Texts and selection of work: Renata Blaisten

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil