Vamos aprender algo sobre matemática!

Museu Nacional de Machado de Castro

Descubra uma maneira portuguesa de ensinar matemática, física e astronomia usando azulejos didáticos do século XVII

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro
Estes azulejos foram executados, provavelmente em Coimbra, para satisfazer as instruções emitidas pelo Geral da Companhia de Jesus, em 1692, visando melhorar o nível de aprendizagem da matemática na província portuguesa. Contudo, o recurso à memória visual também serviu a física e a astronomia. As figuras geométricas reproduzem fielmente a versão didática da obra "Elementos", de Euclides, publicada em 1654 pelo jesuíta André Tacquet. Em 1836, ainda se conservam azulejos idênticos no revestimento do refeitório do Colégio de Jesus, na cidade brasileira da Baía.
Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro I | Definição 31

Rectângulo é uma figura quadrilátera, a qual consta de 4 ângulos rectos, e por isso iguais, sejam ou não iguais os lados.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro I | Proposição 29

Se a recta, cortando duas rectas, fizer o ângulo externo, igual ao interno para a mesma parte, ou também os dois internos para a mesma parte iguais a dois rectos, as duas rectas cortadas serão paralelas.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro I | Proposição 44

Sobre a recta [OS] construir um paralelogramo igual a um triângulo dado [V], o qual tenha um ângulo igual a outro dado [X].

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro III | Proposição 25

Dado um arco [ABC], acabar o círculo.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro VI | Proposição 3

Se a recta [BF] cortar pelo meio o ângulo[B] de qualquer triângulo [ABC], serão os segmentos da base [AF,FC] na mesma proporção que os lados aderentes [AB, CB]. E se os segmentos [AF, FC] da base forem na mesma proporção que os ditos lados, cortará a recta [BF] o ângulo [B], pelo meio.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro XI | Definição 5

Se a linha recta [LO] cair obliquamente sobre um plano e do ponto L se tirar uma perpendicular ao dito plano será o ângulo [LOP] a sua inclinação.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Livro XII | Proposições 14 e 15

Cilindros colocados sobre bases iguais estão entre si assim como as respetivas alturas. O mesmo acontece para os cones. Cilindros iguais, têm as bases reciprocamente proporcionais às alturas. E se as bases forem reciprocamente proporcionais às alturas os dois cilindros são iguais. O mesmo acontece para os cones.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Teoremas escolhidos de Arquimedes | Proposição 20

As superfícies cónicas inscritas na esfera fenecem a esfera.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Este azulejo representa o Sistema Ptolemaico do Universo.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Um testemunho da passagem do cometa Helvius, em 1652. Em baixo, podemos observar um pouco do que pensamos possa ser a representação do Sistema do Universo, por Copérnico.

Azulejo didático, Século XVIII, Da coleção de: Museu Nacional de Machado de Castro

Algumas constelações: Escorpião e Sagitário [simbolizados por setas, mesmo em baixo de Escorpião].

Agora dê um passeio no museu e procure os azulejos que ensinam!

Créditos: história

Fotografia: DGPC/ADF- Arquivo de Documentação Fotográfica

Créditos: todos os meios
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes, podendo nem sempre refletir as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Página Inicial
Explorar
Próximo
Perfil