Editorial Feature

O Reino Unido da Moda

Caroline Rush sobre as principais questões enfrentadas pela indústria hoje

A moda e o Reino Unido andam de mãos dadas. Famosa por sua criatividade histórica, o Reino Unido é o lar de estilos tão diversos quanto os Mackintosh, punk, o chapéu-coco, e o Kilt. Mas o que moda significa para o Reino Unido hoje? Nos sentamos com Caroline Rush, Chefe Executiva do Conselho Britânico de Moda, para conversar sobre o efeito da indústria da moda britânica sobre a cultura, indústria e economia do país.

Burberry Prorsum, primavera/verão de 2015, de Christopher Bailey (da coleção do British Fashion Council)

Por que a moda é importante para o Reino Unido?

A indústria da moda não só contribui com £28 bilhões em PIB para a economia britânica, mas também emprega 880 mil pessoas, apóia a nossa reputação de excelência criativa e é uma das mais diversas indústrias do país.

Olhando o recente elatório da BFC "Value of Fashion", parece que uma grande parte desse impacto e contribuição vem da fabricação no Reino Unido. Como apoiamos a fabricação altamente qualificada no Reino Unido, e como esses produtos se tornam mais acessíveis ou atraentes para os consumidores?

O BFC é construído para apoiar e nutrir negócios de moda de design britânico, e o fortalecimento da indústria de fabricação do Reino Unido é de grande benefício para o nosso ecossistema. Este ano, lançamos nossa base de dados de fabricantes de produtos e design de ponta, uma base de dados nacional de fabricantes do Reino Unido que visa facilitar o desenvolvimento de fornecedores locais e obter certificados de cadeia de fornecimento ético. Concentrar-se nas cadeias locais de produção e suprimento é uma maneira de trabalhar em direção a modelos de negócios mais sustentáveis e trazer mais negócios para os fabricantes do Reino Unido que , sem dúvida, levará a preços mais competitivos.

Trabalhador Sunspel (Da coleção do British Fashion Council)

Uma vez que a moda é uma parte tão importante do futuro da economia do Reino Unido, como uma indústria, como você está tentando garantir que a riqueza se espalhe?

O fortalecimento da indústria da moda fora de Londres começa com a educação, e nossos Saturday Clubs nacionais e 34 membros do Colleges Council, ajudam-nos a garantir que jovens talentosos, apaixonados e especializados, fortaleçam a indústria em todo o Reino Unido. Fabricação é outro foco chave fora de Londres, e as habilidades dos artesões de certas regiões são vitais para a indústria. Nosso Banco de Dados de Fabricantes e Designers de Alto-Padrão, é apenas uma das formas que estão ajudando a lançar uma luz sobre as incríveis oportunidades de produção que existem por toda a extensão do país.

E a próxima geração? Como você se certifica de que o setor suporte pessoas de todo o Reino Unido e de diferentes origens?

Através da BFC’s Education Foundation, trabalhamos para a concessão de bolsas de estudo para o Bacharelado e Mestrado a fim de ajudar a garantir que as origens e circunstâncias não sejam obstáculos para jovens estudantes talentosos terem acesso a educação adicional na moda. No ano passado, a BFC Education Foundation levantou £300.000 através do The Fashion Awards para apoiar jovens talentosos, em 2016 a BFC’s Education Foundation concedeu £104.300 em 12 bolsas de Bacharelado e Mestrado. Também nos associamos a várias marcas estabelecidas do Reino Unido, e marcas internacionais para oferecer subsídios e oportunidades a estudantes em nossas instituições membros do Colleges Council e, através do nosso Fashion Trust, financiamos os salários de estágios de pós-graduação de um ano em várias marcas britânicas estabelecidas.

Também estamos trabalhando para apoiar as pessoas mais jovens que procuram ganhar conhecimento e visão da indústria da moda usando os Fashion & Business Saturday Clubs nacionais com o objetivo de dar aos jovens a oportunidade de estudar moda em sua faculdade ou universidade local de graça. Além de trabalhar com um grupo de empregadores de moda e a Universidade de Artes Londres para desenvolver um programa de aprendizado em estúdios de moda. Apoiar os benefícios dos jovens talentos e salvaguardar toda a indústria está no cerne do que fazemos.

Wales Bonner, primavera/verão 2017 (Da coleção do British Fashion Council)

Como o Reino Unido enfrenta o aumento da sustentabilidade da produção e a redução da pegada de carbono da indústria da moda?

A iniciativa BFC’s Positive Fashion foi criada para analisar a questão da sustentabilidade, bem como examinar outras formas de melhores práticas recomendadas da indústria. Nós defendemos uma gama de abordagens e soluções que esperamos que conduzam a moda para um futuro mais sustentável. Parte disso envolve trabalhar com empresas estabelecidas que já estão liderando o caminho na sustentabilidade. Este fórum permite que as marcas compartilhem as melhores práticas e lições aprendidas para que possamos transmitir aos designers com os quais trabalhamos - desde o emergente até os já estabelecidos. Existem muitas grandes empresas voltadas para a sustentabilidade, com sede aqui no Reino Unido, e o Ethical Fashion Forum e o London College of Fashion's Center for Sustainable Fashion estão desenvolvendo uma ótima visão para o setor.

Stella McCartney, Casemira Regenerada (Da coleção do British Fashion Council)

O que você vê para o futuro da indústria da moda britânica? Que tipo de futuro você gostaria de ver?

Gostaria que a nossa indústria continuasse a avançar de força a força, para que os jovens talentosos assumam carreiras desafiadoras e gratificantes e para que o Reino Unido continue a ser o melhor lugar para iniciar e desenvolver empresas de moda com caminhos claros para apoio e desenvolvimento. Quero ver o Reino Unido continuar a ser o berço do talento global da moda, além de nutrir os melhores talentos de todo o mundo que vêm estudar em nossas faculdades e ficar aqui no Reino Unido para construir negócios mais emocionantes e dinâmicos. Eu quero ver nossas marcas e empresas prosperarem e a indústria da moda ser aberta e inclusiva; uma indústria de que todos nós possamos nos orgulhar.

Descubra mais sobre o impacto da moda:
- Claudio Marenzi sobre o impacto da moda na economia italiana
- Pascal Morand sobre o impacto da moda na economia italiana
- Livia Firth sobre o verdadeiro custo da moda rápida
- Voltar para We Wear Culture

Caroline Rush (Da coleção do British Fashion Council)

Caroline Rush CBE é a presidente-executiva do British Fashion Council (BFC).

Créditos: todas as mídias
Compartilhar esta história com um amigo
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil