Rafaela Miranda Lago

Pontilhismo

Surgiu em 1886 com a última exposição dos artistas impressionistas. Dessa exposição participaram dois artistas que dariam uma nova tendência ao movimento: Geoges Seurat e Paul Signac . Essa técnica foi chamada de pontilhismo ,porque as figuras, na tela, já representadas em minúsculos fragmentos ou pontos, cabendo ao observador percebe-las como um todo plenamente organizado.

Uma arte do pontilhismo, retratando um jardim frente a uma lagoa onde a calma e o sossego habita, nos apresenta um modo de vestir e uma classe antiga, que hoje em dia não se usa mais. Com classe e nada de indescência, bem diferente de hoje em dia, se fosse retratar seria mais ou menos pessoas mais cabeça quente, apressadas, com roupas menos comportadas ou de trabalho, onde a paz a calma e a tranquilidade é pouco vista. Agora resta só a violencia a corrupção, que infelizmente o povo não faz muita questão de mudar.
Grande parte das artes de Seurat na tecnica de pontilhismo, mostram lagos, rios, mares e árvores. Nesse não foi diferente, um céu com algumas nuvens, o rio... mar ...lagoa, algo assim, um muro, ele usou cores mais claras
Paul nessa obra retrata um café da manha entre uma Senhora e um Senhor, e uma serviçal. Onde não apresenta euforia nem bagunça, onde há alguem que arrume e alguem que mande.
Nesta obra Paul mostra com o pontilhismo árvores, flores, um rio e a imagens das coloridas flores refletidas na água. Com cores de tom claros transmitindo tranquilidade.
Nesta obra Paul retrata com a forte presença de tons em azul, o céu o faro o lago, e algumas flores gramas separando a estreita calçada do lago.
Edgar com o pontilhismo retratou duas moças dançando com leques, com poucas cores ele deu vida á obra.
Nesta obra, novamente duas moças dançando mas desta vez com clareza de onde termina o vestido e passa para o painel e o chão.
Edgar parece ter forte foco em bailarinas, em movimentos. Sendo essa obra três bailarinas, em um local escuro, diferente.
Como já fiz a mesma observação em outras obras deste artista, pela imensa presença de meninas bailando em seus quadros, nesta já em um campo, aparecendo tardezinha, que a noite já ia caindo. E elas iam dançando.
Com a tecnica do pontilhismo, foi possivel pintar um caminho, com presença de árvores, bambus, e apresenta ter folhas caidas por todo o caminho.
Nesta obra, Pierre parece querer retratar o cotidiano vivido por muitos naquela época, correria do dia, o passar das pessoas, o balanças das árvores, o esperar do tempo.
Pierre parece gostar muito de natureza, pois o que não falta em suas obras são árvores, flores, e muito verde. Sendo aqui um jardim floridissimo, com criança andando entre seu meio.
Nesta mais uma vez Pierre retrata natureza, com árvores altas e de todas as cores parecendo ser flores, e um lago cristalino.
Van Gogh, mostra um jardim de rosas vermelhas, e algumas arvaros, do tipo coqueiros, com um céu azulado e com muito verde, muito azul, muito vermelho.
Esta obra apresenta uma praia, com coqueiros, mar, areia, e um homem caminhando sobre folhas caídas.
Van Gogh nesta obra, mostrou claramente a vida de muitas pessoas, tanto antigamente quando ainda hoje. Sendo pessoas trabalhando nas lavouras, com o auxilia de animas, chuva e vento, sendo não em exesso.
Translate with Google
Home
Explore
Nearby
Profile