Galeria Humberto A.V.L.

Não posso dizer nada sobre qualidade artística. Apenas reuni uma coletânea de obras que se relacionam com temas de meu interesse ou despertam algum tipo de impressão. ------------------------------------------------------------------- I cannot say anything about artistic quality. Just gather a collection of works that relate to topics of my interest or arouse any kind of impression.

A primeira obra escolhida para a minha galeria, em homenagem ao melhor livro que já li e considerado por muitos o melhor da história. Na pintura, Rocinante (o cavalo) parece olhar diretamente para o expectador e, ao fundo, o jumento de Sancho Pança, com a cabeça baixa, parece transmitir o desanimo do próprio Sancho em acompanhar as loucuras de D. Quixote.
Representação de uma das passagens do Apocalipse bíblico. A imagem é colossal! No canto esquerdo superior um raio rasga o céu para quebrar uma parte gigantesca da montanha e ao fundo um vulcão em erupção. À direita , um cidade se revolve em uma onda prestes a engolir todo o cenário. No centro a escuridão do abismo. Um dos quadros mais fantásticos que já vi!
O Grande Dragão Vermelho e a Mulher Vestida de Sol. Este quadro aparece no filme Dragão Vermelho , da trilogia "Hannibal". A obra evidencia o tom místico do trabalho de Blake. A mulher e o dragão parecem estar se enfrentando, a representar o conflito entre o bem e o mal.
O Grito é uma das obras de arte mais famosas do mundo. Justificadamente. A expressão do personagem central transmite completo desespero e o cenário é caótico. As cores vivas tornam a cena mais intensa.
Um clássico. O Impressionismo de Monet sempre me transmitiu tranquilidade. A imagem desse jardim japonês mais que todas as outras obras.
Ginevra, um clássico de Da Vinci. A forma como a mulher parece se fundir à paisagem é resultado da técnica do sfumato da qual Da Vinci dominava com maestria ímpar.
Na minha opinião, o que faz desse quadro ser genial é a fusão do céu com a cidade e a água, bem como o jogo de luzes das estrelas e das luzes da cidade refletindo na água.
Katana. Na minha opinião, a mais bela arma branca que existe. Esta foi forjada no século XIV. A curvatura perfeita da lâmina é o que torna a Katana uma arma única.
A imagem retrata um casal de agricultores que interrompe o trabalho para realizar a prece do Angelus. Apesar da obra estar relacionada a uma memória de infância do autor e não a um sentimento religioso, representa manifestação de profunda fé das personagens.
Credits: All media
This user gallery has been created by an independent third party and may not always represent the views of the institutions, listed below, who have supplied the content.
Translate with Google
Home
Explore
Nearby
Profile