nostalgia 

Infância tempo da inocência, aconchego dos pais,  brincadeiras, tempo de aprender, descobrir o novo,  tempo de imaginação, criação e arte onde o feio não existe , imaginação,ah! doce infância! que aos poucos  tudo muda, onde o belo já não é tao belo, infância já não é tão doce, tempo de novas amizade, escola responsabilidade que aos poucos a criança vai tomando forma de adulto serio responsável, coma tantas preocupações e ocupações que o brincar não tem sentido,ficando apenas na lembranças esses tempos queridos.     "Lembro-me da minha infância!Da minha vida de menino....da minha doce inocência!Brincava de caubói e de bandido...cantava , chorava e ria!Infância querida!Pra ti não volto mais!Inocência perdida!Que não encontro jamais!" Itamar Sarto

Credits: All media
This user gallery has been created by an independent third party and may not always represent the views of the institutions, listed below, who have supplied the content.
Home
Explore
Nearby
Profile