A carregar

Aldo Bonadei ganhou a Medalha de Bronze na 37ª Exposição Geral de Belas Artes, inaugurada em agosto de 1930. Um mês depois, tendo acabado de chegar à Itália, enviou cartas à família nas quais dava notícia dos estudos que em breve esperava começar, entre os quais os cursos da Academia de Belas Artes florentina. Na Europa, sua trajetória como pintor sofreria influências determinantes, levando-o posteriormente a participar do Grupo Santa Helena (meados da década de 1930) com maior maturidade artística. A obra Cerejas é bem representativa desse momento de transição. Tendo começado a pintar muito cedo, fazendo sua primeira pintura à óleo em 1915, aos nove anos de idade, só em 1923 começou a estudar seriamente, com Pedro Alexandrino, conhecido pintor e professor de São Paulo. É com ele que aprende e desenvolve um modo seguro de composição e de uso das cores. Nessa pequena natureza morta ele explora uma reduzida paleta de cor, investindo em suas nuanças e variações, produzindo uma obra vibrante e sem grandes pretensões.

Detalhes

  • Título: Cerejas
  • Criador: Aldo Bonadei
  • Vida do criador: 1906/1974
  • Data: 1930
  • Dimensões físicas: w32.5 x h23 cm
  • Tipo: óleo sobre madeira

Obter a aplicação

Explorar museus e desfrutar de funcionalidades como o Art Transfer, o Pocket Galleries e o Art Selfie, entre outras

Leia este código QR para obter a app
Google Apps