Loading

Documents from Gilberto Gil's Private Archive

Instituto Gilberto Gil

Instituto Gilberto Gil
Brazil

Details

  • Title: Documents from Gilberto Gil's Private Archive
  • Transcript:
    CLEUSA MARIA SÃO PAULO-Com a presença do ministro da Cultura Gilberto Gil, do acadêmico e ministro do Tribunal de Contas da União, Marcos Vilaça, pai do homenageado, o galerista Marcantonio Vilaça, e de um time de artistas - entre eles Beatriz Mi- lhazes, Rosângela Rennó, Luiz Zer- bini e Efraim de Almeida-foi lança- do terça-feira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, o maior prê. mio já atribuído às artes plásticas no Brasil. O Prêmio CNI-Sesi Marcan- tonio Vilaça para as Artes Plásticas promete ser uma alavanca para o de senvolvimento da produção contem- porânea que, até o momento, poucos recursos tem obtido, seja do poder público ou da livre iniciativa. A ceri- mônia representou também a es- tréia nas artes plásticas da Confede- ração Nacional da Indústria (CNI), através do Sesi, que promove anual- Alento para o artista CNI-Sesi lança o maior prêmio de artes plásticas do país GILBERTO GIL entre Vilaça e Monteiro Neto: homenagem a Marcantonio Vilaça mente ações de incentivo à cultura, - Precisamos instituir no Brasil a figura do mecenato privado-defen deu o presidente da CNI, Armando Monteiro Neto. O prêmio - uma homenagem ao galerista pernambucano Marcanto nio Vilaça, morto em 2000 aos 37 anos -funcionará como bolsa de tra- balho. No valor total de R$ 150 mil, contemplará com R$ 30 mil cada um dos cinco artistas selecionados. O pro- cesso de escolha será feito em duas etapas, por duas comissões de compo- sição ainda não divulgada. A bolsa permitirá que, sob o acompanhamen- to de curadores e críticos, os vencedo- res possam aprofundar sua produção ao longo de um ano. A intenção é que a escolha dos artistas seja a mais democrática possível - Para que esses nomes não fiquem reduzidos ao eixo Rio- São Paulo, a comissão (a pri meira delas fará uma triagem dos artistas) será composta por um pernambucano, dois flu- minenses e um paulista - ex- plicou Marcos Vilaça. Durante o lançamento do prêmio, no discurso emocionado em memória do filho, o acadêmico, sempre acom- panhado da mulher Maria do Carmo, lembrou que "um morto amado nun- ca pára de morrer". Mas a escolha do nome de Marcantonio Vilaça para o maior prêmio das artes plásticas do país, se não ajuda a superar a dor da perda, conforta. É mais uma reve- rência ao trabalho de valorização e profissionalização da arte contem- porânea brasileira a que se dedicou, durante 20 anos, o colecionador e galerista O regulamento do prêmio prevê que os candidatos, bra- sileiros ou residentes no país há mais de cinco anos, aten dam a pelo menos um dos se guintes requisitos: ter nasci do em ou após 1962, ano de nascimento de Marcantonio Vilaça; ter realizado no máxi- mo até três mostras indivi. duais; ter dez anos de carreira inin terruptos. As inscrições, que devem ser feitas apenas nos Correios, estão abertas de hoje a 15 de julho. Infor- mações pelo telefone 080061-0606 e no site www.sesi.org.br. Prêmio dividirá R$ 150 mil entre cinco artistas plásticos
    Hide TranscriptShow Transcript

Get the app

Explore museums and play with Art Transfer, Pocket Galleries, Art Selfie, and more

Recommended

Google apps