Autorretrato com Macaco, 1938

Touch & Hold

Predominantemente uma artista autodidata, Frida Kahlo fez pinturas com foco em si mesma, mostrando as próprias histórias de vida, amores, alegrias e tristezas. Ela é especialmente reconhecida pelos pequenos autorretratos, nos quais costumava incluir animais de estimação.

Aqui, ela aparece com o macaco de estimação preferido, Fulang-Chang, que pode ser visto atrás do ombro direito dela, com o braço carinhosamente ao redor do pescoço da pintora.

A pata esquerda dele é vista sobre o ombro esquerdo de Kahlo.

Ao redor do pescoço do animal, vemos uma fina coleira e guia verdes. O final da guia continua além da borda inferior da pintura; a outra extremidade está, possivelmente, na mão da artista.

Os olhos castanho-escuros de Kahlo olham diretamente para a frente, prendendo o espectador com a intensidade do olhar.

As sobrancelhas, que Diego Rivera, marido de Frida, comparou às asas de um pássaro, são grossas, negras e se encontram bem no meio.

O cabelo escuro dela está preso em uma massa de tranças entremeadas com um longo laço verde-escuro, deixando o rosto à mostra.

O nariz é pequeno; os lábios volumosos não estão sorrindo nem franzindo. Os pelos faciais acima dos lábios e ao longo do lado esquerdo do rosto dela mostram uma combinação intrigante de características masculinas e femininas.

A artista está usando um colar incomum, feito com pedaços de ossos ligados por um fio vermelho. Cortada pela parte inferior da tela, vemos o decote arredondado e os ombros de uma blusa branca que enfatiza o pescoço longo e gracioso.

Logo atrás de Kahlo, há diversas folhas verdes grandes, refletindo a vegetação exuberante e o clima quente do México.

Várias das folhas são marcadas por nervuras muito intensas; outras foram pintadas com diversas linhas pequenas e brancas e parecem ter uma textura macia e felpuda.

As cores vivas, a paisagem exótica e as roupas e acessórios tradicionais nesta pintura refletem o desejo de Kahlo de se conectar com a arte e a cultura populares de seu lar, o México. Além disso, quando Kahlo se casou com o artista Diego Rivera no verão de 1929, ela começou a usar os conjuntos característicos e tradicionais pelos quais é conhecida.

Autorretrato com Macaco by Frida KahloAlbright-Knox Art Gallery

Créditos: história

Contextual information researched and written by Holly E. Hughes, Albright-Knox Art Gallery Godin-Spaulding Curator & Curator for the Collection, and Emily Mangione, Albright-Knox Art Gallery Assistant Editor.


Artwork: Frida Kahlo (Mexican, 1907-1954). Self-Portrait with Monkey, 1938. Oil on Masonite, support: 16 x 12 inches (40.64 x 30.48 cm); framed: 19 1/2 x 15 1/2 x 1 1/2 inches (49.53 x 39.37 x 3.81 cm). Collection Albright-Knox Art Gallery, Buffalo, New York; Bequest of A. Conger Goodyear, 1966 (1966:9.10). © Banco de Mexico Diego Rivera Frida Kahlo Museums Trust, Mexico, D.F./ Artists Rights Society (ARS), New York. Photograph by Tom Loonan.

Créditos: todas as mídias
Em alguns casos, é possível que a história em destaque tenha sido criada por terceiros independentes. Portanto, ela pode não representar as visões das instituições, listadas abaixo, que forneceram o conteúdo.
Compartilhar esta história com um amigo
Traduzir com o Google
Página inicial
Explorar
Por perto
Perfil